12 M | Dia de luta por condições de trabalho adequadas aos profissionais da Enfermagem



Nesta terça-feira, 12 de maio, é o Dia Internacional da Enfermagem e não há o que comemorar. Desde que o novo coronavírus (COVID-19) atingiu o país, 88 profissionais morreram em todo o Brasil – trabalhadoras e trabalhadores da saúde que dedicaram sua vida ao próximo e ficaram expostas ao vírus.

Em nota na última sexta-feira (8/5), o Cofen (Conselho Federal de Enfermagem) afirma que a Ouvidoria da instituição registrou “mais de 5 mil queixas sobre a falta ou a inadequação de EPIs” e que já são mais de 10 mil profissionais afastados por suspeita de COVID-19, sendo 88 óbitos associados à doença.

Atos nos HUs

Por esses e outros motivos, o dia 12 de maio será de solidariedade da classe trabalhadora a esses profissionais, com atos isolados e simbólicos nos Hospitais Universitários (HUs), exigindo respeito e condições dignas de trabalho.

Os atos devem respeitar as normas de segurança da OMS (Organização Mundial de Saúde), com outros tipos de intervenções que não envolvam aglomeração de pessoas como: faixas, carros de som, entre outros, e também campanha por meio das redes sociais.

FORA BOLSONARO e MOURÃO!

A VIDA ACIMA DOS LUCROS!

TODAS AS VIDAS IMPORTAM!

 

Fonte: Fasubra.

Post a Comment

Your email is kept private. Required fields are marked *

Receba nossas notícias

Verifique sua caixa de email

em cima da hora:

COVID19 | SINTEMA quer pagamento de insalubridade em “grau máximo” para trabalhadores em educação que atuam no HU