FUTURE-SE | Sintema e entidades parceiras reúnem-se com a professora Nair Portela



Representantes da comunidade universitária da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, reuniram-se na manhã desta segunda-feira, 5, com a reitora, professora Nair Portela, para tratar sobre o posicionamento da instituição acerca do projeto FUTURE-SE, apresentado pelo Ministério da Educação – MEC, no último dia 17 de julho, e que pretende privatizar o ensino superior público do país.

Ademar Sena, presidente do Sintema, abriu a reunião informando que a priori, a reunião foi solicitada pelo sindicato e seria apenas com os representantes dos técnico-administrativos, mas que houve um entendimento sobre a complexidade e necessidade de ampliação e unificação da pauta com as demais entidades representativas da comunidade universitária. “Temos discutido e já encaminhado algumas atividades de luta com as demais entidades, e gostaríamos que a Administração participasse de nossa plenária unificada na próxima quinta-feira, 8, no Hall do Castelão”, convidou.

 

A professora Ilse Gomes, da APRUMA, informou que a entidade tem procurado mobilizar os docentes, mesmo no período de férias. “Temos remetido informes eletrônicos e participado dos debates promovidos pelas entidades que já estão engajadas com essa pauta”, apontou.

Representantes do Diretório Acadêmico da UFMA ressaltaram a importância da administração levar o debate sobre a situação, em especial financeira, da universidade, para os discentes. “O entendimento engaja os estudantes para a luta”, ressaltou a coordenadora do diretório.

 

Representantes do SINASEFE Monte Castelo também participaram da reunião.

 

A professora Nair Portela fez um histórico sobre a “apresentação” do projeto em Brasília, em uma reunião convocada pelo MEC com a presença de todos os reitores do Brasil. “Na verdade o Future-se foi apresentado por alto, com poucas informações, mas pelo que se sabe existe a intenção de se criar um Fundo Privado com recurso originário que seria devido às IFES, o que não se resolve os problemas a curto e médio prazo”, explicou.

A gestora também apontou o direcionamento da ANDIFES – Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior do país, que orientou os reitores a estimularem debates nas universidades sobre o projeto, para posterior posicionamento, que deve ocorrer de modo unitário. “Entretanto, a associação já publicou uma carta criticando a forma como o projeto foi apresentado, e na verdade, o ministro da Educação não passou sequer cinco minutos explicando a ideia, apenas prometeu que seria a ‘redenção das universidades”, frisou Nair Portela.

Ainda de acordo com a reitora, na UFMA, debates pelos centros de ensino em São Luís e no interior já foram agendados, para estimular o posicionamento de todos os segmentos, e no dia 12 de Agosto, às 9h, no CCBS, seja deliberado e encaminhado o posicionamento oficial sobre o tema.

A professora Nair Portela prometeu participar, ou enviar representante, da Plenária Unificada que ocorrerá nesta quinta, 8, às 9h.

Imprensa Sintema.

Post a Comment

Your email is kept private. Required fields are marked *

Receba nossas notícias

Verifique sua caixa de email

em cima da hora:

CONVOCAÇÃO | Sintema convoca categoria para Assembleia Geral nesta quinta-feira, 19