Servidoras e servidores seguem na luta pela recomposição salarial de 19,99% Já



A FASUBRA Sindical e demais entidades que compõem o FONASEFE – Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais – realizaram mais um ato em frente ao Ministério da Economia, nesta quinta-feira (12/05). Na pauta a recomposição salarial de 19,99% (referente as perdas inflacionárias dos últimos três anos) e a falta de negociação do governo federal com as categorias.

O coordenador Jurídico e de Relações do Trabalho da FASUBRA João Paulo Ribeiro (JP) criticou, mais uma vez, a falta de diálogo e as mentiras do atual governo. “Os servidores públicos não têm negociação coletiva. Eles ficam distribuindo fake news dizendo que tem reajuste, mas não chegou absolutamente nada no Congresso. É mais uma mentira desse governo. Temos que fortalecer a unidade do serviço público”, afirmou JP. Confira a fala na íntegra: https://www.facebook.com/Fasubra/videos/452850609941654.

As mobilizações das trabalhadoras e dos trabalhadores do serviço público federal permanecem e, na próxima quinta-feira (19//05), atos em defesa do REAJUSTE JÁ serão realizados em todo o Brasil. Já no dia 21 de maio, sábado, às 14h, ocorrerá a Reunião Ampliada Unificada da Educação, de modo híbrido, virtual pelo Zoom e presencial para quem estiver em Brasília, no San Marco Hotel. O objetivo é articular a construção de uma pauta de reivindicações da Educação Federal e consolidar o chamamento da Greve da Educação de forma unificada. No dia 31/05 terá ato em Brasília com a seguinte programação: 9h concentração no Espaço do Servidor, 11h caminhada até o Bloco P e 15h – Audiência no Auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados. A vigília no Ministério da Economia permanece semanalmente.

Para a Direção Nacional (DN) da FASUBRA Sindical é fundamental que as entidades se mantenham mobilizadas. A DN FASUBRA também reafirma as seguintes orientações para as suas entidades de base:

• Realizar reuniões com as entidades da educação ANDES, SINASEFE, DCEs e APGs, nos estados;

• Construir e participar dos Fóruns estaduais dos SPF e/ou de Fórum em Defesa dos Servidores e dos serviços públicos;

• Pressionar os senadores do seu estado a assinar a CPI do MEC e auxiliar na negociação coletiva do serviço público em defesa da recomposição;

• Fortalecer as mobilizações por meio de atos, divulgação das campanhas da FASUBRA e do FONASEFE pelas páginas das entidades e outros como: outdoors e busdoors nos estados;

• Pressão nas reitorias através dos Conselhos Universitários para enviar moções de apoio pela abertura da CPI no Senado para apuração de corrupção no MEC e cobrando reajuste salarial dos TAE.

Veja matéria da TVT (TV dos Trabalhadores) sobre o ato desta quinta (12/05): https://www.facebook.com/Fasubra/videos/541784827653867.

Post a Comment

Your email is kept private. Required fields are marked *

Receba nossas notícias

Verifique sua caixa de email

em cima da hora:

ASSEMBLEIA GERAL | Trabalhadores filiados ao SINTEMA aprovam eleição presencial