Marcos Amaral



 

No dia 28 de janeiro de 2012 falecia o então diretor de finanças do Sintema, Marcos Macedo Amaral. Passados sete meses de sua partida, a atual diretoria do Sindicato – gestão Unidade & Trabalho, renova as homenagens a este, que em vida muito contribuiu com a construção da luta sindical dos trabalhadores da Ufma.

Apesar do tempo, ainda é forte o sentimento de vazio gerado pela precoce partida do Companheiro Marcos Amaral. Por isso, neste dia 30 de agosto de 2012, data em que Sintema completa 23 anos de existência, publicamos o texto que segue abaixo de autoria da família do ex-diretor, como forma de renovarmos o espírito de solidariedade nosso querido amigo/irmão.

A Diretoria.

MENSAGEM PARA MARCOS AMARAL

Há uma semana partia para o mundo espiritual nosso irmão Marcos Amaral. Até hoje tudo parece um sonho, que de repente podemos acordar e encontrá-lo, como antes, junto de nós, sorrindo, conversando, participando das lutas de classe. Mas a realidade é outra. Há uma distância que ainda não conseguimos vencer. A distância da saudade que sentimos de sua presença física. Somente a certeza de que a morte é apenas uma grande viagem, que na verdade o amigo querido não se acabou, só mudou de dimensão, é que nos faz suportar este momento e a sua ausência.

Quem foi Marcos Amaral? Marcos Amaral foi economista aposentado da UFMA, sócio-fundador do Sintema, Presidente da Associação dos Servidores da UFMA – ASSUMA, e dirigente do Sintema por diversas gestões. Atualmente, Amaral exercia o cargo de diretor de finanças da entidade. Foi também diretor do MAC (Maranhão Atlético Clube) e grande desportista, como também o lutador pelos direitos dos companheiros de trabalho, o sindicalista sempre preocupado com o melhor por todos os que fazem a Universidade. Mas, o melhor que podemos dizer de Marcos é que ele sempre foi o amigo, o companheiro, pai amoroso de dois filhos, esposo dedicado, enfim, aquele que nestes 71 anos soube fazer de sua vida uma caminhada cheia de lutas e vitórias; de conquistas e alegrias deixadas por onde passou.

Querido Marcos, sabemos que estás perto de nós, sentindo a saudade que sentimos, o amor que temos por ti e recebendo o nosso abraço cheio de carinho no desejo de que as luzes e o amor de Jesus estejam sempre contigo. Procuramos não nos lembrar dos momentos de dor e sofrimento, deixando que somente as lembranças dos dias de alegria e felicidade nos encham os nossos corações. A dor daqueles que veem a pessoa querida partindo para uma outra vida além da própria morte é muito grande. Mas, o Pai maior, que tudo vê e nos assiste sempre, nos dá forças e coragem para suportar sem desespero, entendendo que Ele chama de volta aqueles que já cumpriram sua missão aqui na Terra. E é a esse Pai que hoje entregamos nossa dor, a dor de irmãos, de filhos, de esposa e de todos os parentes e amigos que hoje aqui estão em solidariedade a este instante tão sofrido. Sim, querido amigo, tu não morreste. Fizeste uma grande viagem, aportaste em outros portos, encontraste os entes queridos que já foram antes, agora te vês em outras terras, diferente desta em que ainda estamos. Outras tarefas te são confiadas, outras responsabilidades, outros compromissos. Dentre estes, o maior compromisso é o teu crescimento espiritual, teu avanço em direção ao Cristo e através dele chegarás ao Pai Criador. Não te prendas às nossas lágrimas, elas apenas demonstram a nossa saudade e o nosso grande amor para contigo. Em nossos corações continuará a tua imagem, nas doces lembranças de outrora e as nossas preces e o nosso amor te acompanharão nesta tua nova jornada, fortalecendo-te, dando-te novo ânimo e coragem para ires sempre para frente ao encontro da luz maior e da felicidade eterna. Nós te amamos e este amor ultrapassa as barreiras do túmulo, envolvendo-te e servindo-te de guia para te orientar onde estiveres. És livre agora, podes voar na amplidão com a certeza de que Maria, mãe de Jesus e de todos nós, estará te abençoando e te guiando nesta tua nova vida.

Que Jesus esteja sempre contigo, caro amigo, enchendo teu novo viver de paz e de muita luz. E quando chegar a nossa vez de fazer esta viagem, estejas tu a nos receber com alegria no reencontro da eternidade. Teus parentes e amigos te abraçam e te desejam a felicidade dos que estão com Deus.

 

Fonte: Sintema

Post a Comment

Your email is kept private. Required fields are marked *

Receba nossas notícias

Verifique sua caixa de email

em cima da hora:

Nota de Esclarecimento | Sintema, Assuma, AAUFMA e Sindufma